Sensor de não-presença

Você liga, houve musiquinha, conta toda a sua história, abre o chamado, deixa número de contato (o celular não pode), anota o número de protocolo e aguarda o retorno da pessoa que vai resolver o seu problema.

Qual não é a sua surpresa quando dois dias depois você recebe uma mensagem no seu e-mail informando que não conseguiram falar com você pois ninguém atendeu o telefone e que o chamado foi fechado. Você liga, houve musiquinha, conta toda a sua história, abre um novo chamado, deixa número de contato (o celular não pode), anota o novo número de protocolo e aguarda o retorno da pessoa que vai resolver o seu problema.

E adivinhem só o que tem no seu e-mail dois dias depois? Isso mesmo, outra mensagem fechando o seu chamado. Eu passo a maior parte do dia ao lado do telefone e ele mal toca. Minha grande dúvida é: “Já inventaram um sensor de não-presença? ” . 

Anúncios

~ por carlanascimento em agosto 8, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: