O masoquista da lanchonete

Hora do lanche da tarde, todos para a lanchonete. Tudo normal, cada um pede o que quer. Sentamos na mesinha, conversa vai, conversa vem. Começa uma confusão no caixa. Todos prestam atenção. Eta, povo curioso.

O louco esqueceu o celular na mesa. A atendente foi limpar a mesa e pegou o celular. O louco tomou da mão da menina e começou a gritar.

– Não pega no meu celular não. Sempre que venho aqui eu sou mal-atendido. Não vou pagar nada. Essa é quinta vez que sou mal-atendido aqui.

O segurança chega, pede pro cara sair. O louco grita mais.

– Da outra vez foi a mesma coisa, eu avisei que ia queimar a minha pizza e ela queimou. Hoje aconteceu o mesmo. Vocês atendem muito mal.

O segurança toca no louco. O louco grita mais.

– E dessa vez, vocês aindam chamam esse macaco pra me tirar. Vem vei encarar. Esse lugar é uma droga, sempre me atendem mal aqui.

O amigo do louco paga a conta e o louco sai gritando que é muito mal atendido na lanchonete.

Até aqui eu chamei o cara de louco mas vou corrigir o cara é de fato um masoquista. Só um masoquista é maltrataso e continua voltanto. Bate, bate mais!

Anúncios

~ por carlanascimento em agosto 21, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: