A revolta do misto-quente

Aqui no Brasil tivemos muitas insurreições populares como, por exemplo, a revolta de Beckman, a revolta do sal e a noite das garrafadas. A história que vou contar hoje é sobre uma revolta que não existe em nenhum livro de história é a revolta do misto-quente.

A linda menina está em casa sozinha com a empregada carrasca. É de tarde, por volta das três, hora do lanche.

– Eu estou com fome, faz um sanduíche pra mim?

– Agora não dá estou lavando a louça.

– Mas eu estou com fome. Quero um misto-quente! Faz pra mim.

– Vai sentar garota, vai ver TV. Não vou fazer nada agora.

Como uma boa criança, a linda menina vai para frente da TV. O bico é imenso, mas também não é para menos. Quem não ficaria bicudo com uma barriga roncando?

Dez minutos depois a empregada carrasca sai para jogar o lixo fora. O que a linda menina fez? Não sabe? Pois eu vou lhes contar, ela correu na ponta dos pés para não fazer barulho. Fechou a porta com muito cuidado e trancou com a chave. Voltou para frente da TV e colocou o volume no máximo, assim ela poderia dizer que não ouviu a empregada carrasca esmurrando a porta.

Dito e feito, a empregada voltou e começou a esmurrar a porta. Todo o prédio foi para a porta da linda menina tentar convencê-la a abrir a porta. Afinal uma menininha de cinco aninhos não pode ficar sozinha em casa.

A menina foi para perto da porta e gritou:

– Não vou abrir por que não consigo ouvir o que vocês estão pedindo. E além do mais essa moça é muito má. Ela me maltrata.

Podem procurar a vontade, mas dessa revolta vocês nunca ouviram falar.

Anúncios

~ por carlanascimento em agosto 26, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: