Pássaros

kitty-and-little-birdDepois que me mudei os pássaros viraram uma constante na minha vida. Durmo com eles cantando, acordo com eles cantando. Os vejo namorando, voando. Pássaros de todas as espécies: falcões, beija-flor, sabiá. Minha gatinha passa boa parte do tempo sentada na varanda, imagino que namorando os passarinhos, esperando que um fique ao seu alcance.

Bom finalmente o Deus dos Gatos escutou as preces dela e fez com que um mini-passarinho entrasse no apartamento. Escutei um barulho diferente e fui procurar a fonte, morrendo de medo de que fosse um inseto, ou pior uma barata. A gatinha estava toda ouriçada, prestando atenção. Acompanhei o olhar dela e vi o passarinho, era muito pequeno, batia nas paredes e no teto tentando sair da gaiola gigante onde havia se metido. Quando cansou pousou no alto da persiana, a gata não perdeu tempo, pulou na estante e se preparava para o salto mortal.

Não podia permitir que um animalzinho indefeso fosse caçado dentro da minha casa. Corri, agarrei a gata e a tranquei no quarto enquanto pensava em como ajudar o passarinho a sair. Nesse meio tempo o passarinho tentou encontrar uma saída sozinho e voltou a voar. Mais uma vez foi em vão e na hora de voltar ele voou em minha direção e acabou pousando na minha blusa. Levei um baita susto, mas pensei rápido e pus as mão sobre o passarinho para que ele não voltasse a voar. Corri para o terraço e abri as mãos. Ele ficou mais um instante pousado em mim e depois partiu livre.

Agora veja eu que cresci achando que pombos eram os únicos pássaros livres do mundo, agora moro cercada pelos mais diferentes espécimes. Muito legal.

Anúncios

~ por carlanascimento em fevereiro 13, 2009.

2 Respostas to “Pássaros”

  1. Nossa!Que emocionante!
    Então deixa eu contar minha história.
    Eu moro em uma cobertura,em Florianópolis.Sempre tenho visita,de beija-flor,canarinho e pardalzinho.Em um desses dias de verão,veio o meu amiguinho beija-flor tomar aguinha doce,como de costume.Mas ele ficou curioso e passou do janelão para dentro.Ouvi um barulho de batida,fui olhar apavorada o que era e era o meu docinho se debatendo no vidro de outro quarto!!! E como ele estava fraquinho,se debatia no chão,não abri o janelão pois tenho um bulldog “morando” no tal espaço e ele ia pegar o beija-florzinho.Ele cansou tanto pobrezinho,até que consegui na primeira tentativa,pegar ele!alimentei-o com aguinha doce,ele ficou uns 10 minutos na minha mão,eu com a palma aberta! De repente ele começa se sentir melhor e voa,mas antes de voar,o nenê voando se levantou em minha frente,por uns 4 segundos e só depois ele foi.Tipo dizendo: ‘muito obrigado’
    essa história ficará gravada para sempre!
    Realmente me emocionei muito!
    abraços

  2. Own fofoOOretes !!! Amoo esse lugar ..Coisas da vida !?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: